Nós nos abatemos sim, somos pessoas comuns, somos seres humanos, e seres humanos estão sujeitos a momentos de angústia, de decepção e até de desânimo porque não. Poxa, nós trabalhamos tanto, tentamos agradar a todos, sempre sorrindo, sendo “ombro amigo” de tanta gente, nos esforçamos para agradar e de repente, as pessoas vem com pedras e paus na mão, com palavras ásperas nos ofendem, caluniam e inventam estórias, e temos de ser bonzinhos?

          Claro que ninguém tem de ser bonzinho diante das injustiças, diante das falsidades e de gente prepotente, mas isso não quer dizer que devemos nos angustiar, nos martirizar, arrancar os cabelos (talvez os últimos fios rss), só porque não viram nosso melhor sorriso, nossa melhor roupa, nosso esforço, nosso “sacrifício” (eu não suporto essa palavra, acho que sacrifício é quando fazemos o que não gostamos, e se não gostamos, não fazemos bem feito).

         Para se prevenir desses ataques de decepção, pare de fantasiar com pessoas e fatos que não estão sob o seu controle, não mandamos nem nos nossos pensamentos, imagine comandar uma outra pessoa, não é verdade? Nós podemos e devemos sonhar, mas nunca fantasiar, criar uma realidade que só existe em nossa cabeça, porque fatalmente iremos quebrar a cara, os braços, a boca e outras partes…

       Aprenda a sentir o gostinho de viver com liberdade, livre-se dos chatos, dos sugadores de energia que vivem rondando a sua vida, dos falsos amores, dos falsos amigos, das falsas verdades. Quer saber como? Com a velha receita: ame-se, respeite-se, goste do seu cheiro e até dos seus erros. Não se recrimine, não fique se comparando com ninguém, não aceite que outros venham te comparar com irmãos, amigos ou outros parentes.

        Concentre-se no seu melhor, dentro de você tem uma lâmpada que irradia felicidade, acenda essa luz, não deixe ninguém apagá-la, principalmente você mesmo(a), com pensamentos negativos, com previsões do futuro (previsões negativas é claro), com incertezas que são criadas apenas na sua cabecinha. Para chegar a algum lugar é preciso dar o primeiro passo, ninguém anda mil metros se não der o primeiro passo. O primeiro passo para você ser feliz é se aceitar como você é, e buscar através de renovação dos pensamentos e de atitudes, melhorar-se a cada dia!. Acenda a sua luz e atraia mais luzes para perto de você.

     Eu acredito em você, sempre!

Paulo Roberto Gaefke 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *